Afinal, você sabe o que são Leads?


Uma das palavras mais citadas em artigos e matérias sobre marketing digital é lead. Mas, afinal, você sabe distinguir quando o termo está sendo empregado corretamente e dentro de um contexto adequado?


Segundo a Convertion – Empresa brasileira especializada em SEO, lead é um contato. Leads na linguagem de marketing e vendas significam um contato novo que a empresa recebe. Por exemplo, tanto o caso de um cartão de visitas quanto o de um formulário de e-mail recebido temos aí o lead, que pode chegar a ser um comprador dos produtos da empresa ou não. Portanto, um lead ainda não é necessariamente um potencial comprador; em outras palavras, o lead é um novo contato. Ele pode ser qualificado ou não qualificado.

Vale ressaltar que essa nomenclatura não é exclusiva do meio digital, pois pode ser usada nos canais tradicionais. O que muda são as estratégias, para cada meio há formas diferentes de atrair novos leads.

No marketing digital uma das melhores estratégias para gerar e qualificar um lead é omarketing de conteúdo. Considerado também uma ótima relação entre custo e benefício. Alguns exemplos de ações simples para a captação de novos leads: ao final de um artigo no blog, inserir frases como: baixe gratuitamente o e-book, assine a newsletter, assista ao webinar, etc. Esses casos são de fácil mensuração do resultado atingido, ou seja, quantos novos contatos foram gerados. Em seguida, deve-se analisar o que será feito com eles para que virem clientes, se são ou não qualificados, conforme os padrões pré-definidos pela empresa.

As áreas de Marketing e de Vendas são as que mais atuam na busca de novos leads.



Apesar desta definição, muitas empresas pregam que o lead nada mais é do que um contato qualificado, ou seja, uma pessoa que entra em contato com você através de algum meio e está interessada em algum produto ou serviço que você oferece. Alguns chamariam isto de “lead qualificado“, enquanto outros chamam apenas de “lead“. Estas questões mais específicas sobre a definição do termo eu prefiro não tratar neste momento, pois vai depender da linha bibliográfica que você vai seguir, ou seja, em quem você vai efetivamente ‘acreditar’. Diferentes autores têm diferentes definições.



Uma coisa que a grande maioria tem em mente é definir o que não é lead. Muitos definem que apenas o ato de entrar em contato com a empresa não se caracteriza como um lead, pois nem sempre a pessoa está realmente interessada em serviço ou produto, talvez procure apenas por informações. Segundo a Hubspot, se você tem apenas o email da pessoa, você tem um contato, não um lead; o próximo passo é transformar este contato em lead. Se uma pessoa entrou em contato com você para obter informações diversas, você pode trabalhar para que ela se torne um consumidor.


Fontes: midiatismo.com.br Resultados Digitaisconversion.com.br

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo