Cinquenta ferramentas práticas de marketing, vendas, finanças e inovação que podem facilitar sua rot


As ferramentas começaram a nos ajudar já na pré-história, quando o primeiro Homo Sapiens criou o fogo, a arma e o lápis. E eles viraram a extensão das mãos. Depois disso, a roda fez nascer a carroça, o carro, o patins e o skate. E todos eles viraram a extensão dos nossos pés. Pois é. Não é de hoje que temos utilizado as ferramentas para facilitar nosso próprio trabalho. Tem gente que até diz que as bicicletas são extensões das pernas, os óculos extensões dos olhos e o computador a extensão do cérebro.









Se pararmos para pensar, saber como usar as ferramentas que existem no mundo é o que nos torna capazes de realizar muito mais do que o nosso corpo e a nossa mente permitem. Elas facilitam tarefas difíceis, otimizam o tempo, ajudam no operacional e abrem espaço na agenda para pensarmos melhor em tudo que for estratégico. Pensando nisso, separamos 50 ferramentas que vão facilitar, e muito, sua rotina. Preparado? Então, vamos à lista!

MARKETING E VENDAS

1. Planilha para Projeção de Vendas

Nem otimista, nem pessimista. Com essa planilha, você ajuda seu time a colocar o pé no chão e analisar os dados de vendas com mais objetividade.

  1. É indicada para empreendedores com negócios do estágio inicial ao mais estável que se atentam a questões de sazonalidade; e

  2. É útil porque permite lidar com a projeção de vendas em si, incluindo os nomes dos principais produtos geradores de receitas, com uma estimativa de vendas por mês e o valor de cada unidade.

2. Matriz BCG para analisar seu mix de produtos

Na prática, a matriz BCG vai te ajudar a ter clareza de quais produtos geram mais receita com menor investimento de tempo e dinheiro.

  1. É indicada para empresas já estabelecidas. Startups e empresas em fase de planejamento ainda não dispõem de dados suficientes para efetuar a análise.; e

  2. É útil porque é um método eficaz para se analisar o ciclo de vida de um produto, desempenhar a gestão de marcas, montar planos estratégicos ou até mesmo uma estratégia de vendas.

3. Mapa de Empatia para empreendedores

Entender o que o cliente diz, faz, vê, pensa, sente e ouve a respeito de um produto é essencial para o seu sucesso. Com isso, o empreendedor e seu time consegue identificar quais os pontos a melhorar do seu produto e o que poderia ser feito para melhorar a experiência do consumidor.

  1. É indicado para empreendedores e profissionais responsáveis pelo desenvolvimento de novos produtos (ou serviços); e

  2. É útil porque é um mapa visual que orienta a discussão e o brainstorming sobre a criação de novos produtos a partir da perspectiva do cliente

4. Captação de clientes: grandes contas

Ter um ou alguns grandes clientes no início das operações é uma espécie de “atestado de qualidade” para a pequena empresa. Essa ferramenta te oferece uma sugestão de roteiro prático, desde o preparo para o contato com o executivo da grande empresa até a gestão da sua carteira de clientes.

  1. É indicado para orientar o micro e pequeno empreendedor que quer se preparar para apresentar sua empresa aos potenciais consumidores.

  2. É útil porque usa de uma abordagem simples que tem o potencial para adaptar a realidade do negócio, quebrando alguns mitos e preparando o empreendedor para situações importantes.

5. Design thinking para pequenas e médias empresas

Criar algo desejável pelos consumidores, viável de ser produzido e rentável para o seu negócio: esse é o objetivo do Design Thinking, a inovação centrada no usuário.

  1. Indicado para negócios de todos os portes que tenham interesse em criar experiências de consumo altamente desejadas por seus clientes; e

  2. É útil porque permite ampliar o conhecimento sobre o consumidor e sugere como transformar as informações obtidas em negócios mais rentáveis.

6. Plano de Marketing e Vendas para Empreendedores

A sigla Aidala se refere às etapas para conquistar clientes fiéis: atenção, interesse, desejo, ação, lealdade e apóstolo. Você já se perguntou como o posicionamento do seu negócio influencia no desempenho do time de vendas? Descubra como desenvolver um plano integrado de marketing e vendas que passe da atenção à lealdade dos seus consumidores.

  1. É indicado para empreendedores sem experiência em planejamento de vendas; e

  2. É útil porque muitos empreendedores não investem o tempo devido em planejamento, seja na criação da empresa, seja no decorrer do percurso, muitas vezes sem dispor dos recursos necessários.

7. Precificação baseada em valor

Além do preço de custo, existem valores intangíveis que podem compor o preço de um produto. Você já parou para pensar neles na hora de precificar seu mix de produtos?

  1. Indicado para todos os tamanhos de negócio e projetos; e

  2. É útil porque empreendedores que oferecem produtos ou serviços inovadores ou com alguma diferenciação muito relevante.

8. Job to be done para empreendedores

Para construir uma empresa sólida, a proposta de valor é premissa básica. Entenda qual é a sua ‘entregável’ para os seus clientes, e como você pode torná-la ainda mais valiosa.

  1. Indicado para empreendedores e executivos de empresas de todos os portes;

  2. É útil porque contribui para que o consumidor aumente sua percepção do valor de um produto ou serviço e, consequentemente, para o crescimento das vendas.

9. Design de produtos, desenvolvido por Steve Jobs

“É muito difícil fazer o design de um produto a partir do que muitas pessoas dizem. Muitas vezes, elas não sabem o que querem até que você mostre a elas”, dizia Steve Jobs. Mas não pense que as dicas da ferramenta são apenas de produtos consagrados como o iPod, o iPhone e o iPad.

  1. Indicado para negócios em fase inicial ou de pequeno porte, que atuem no desenvolvimento e na venda de produtos. Pode, eventualmente, ser adaptado para comércio e serviços; e

  2. É útil porque organiza as principais diretrizes usadas por Steve Jobs no período em que a Apple ainda era “só uma empresa de garagem”, com recursos limitados.

10. Nomes para um novo negócio

Dar nome a um negócio é sempre algo trabalhoso. Às vezes, não falta criatividade, mas o nome pode ser difícil de pronunciar ou sem um significado claro. É por isso que essa ferramenta apresenta técnicas simples para você gerar nomes e avaliar sua adequação ao negócio que deseja criar.

  1. Indicada para empresas de todos os portes; e

  2. É útil porque apresenta técnicas simples para a geração e seleção de nomes para um novo negócio.

ESTRATÉGIA E GESTÃO

11. Análise 360° da oportunidade de negócio

A “análise 360°” guia o empreendedor em suas reflexões sobre os aspectos internos e externos de um negócio. A cada oportunidade analisada, escolhe-se aquela que tem a maior pontuação nas duas etapas já que ela indica qual ideia será mais relevante para o seu negócio.

  1. Indicado para empreendedores de primeira viagem; e

  2. É útil porque capacita o empreendedor a avaliar quais das suas ideias têm o maior potencial para ser relevante e lucrativa.

12. As 5 Forças de Porter para analisar a concorrência

Você conhece bem os concorrentes do seu negócio? Sabe exatamente o que faz melhor do que eles e em que pontos eles se destacam? Com essa ferramenta, você faz uma reflexão sobre a rivalidade entre seus concorrentes, produtos e serviços substitutos, poder de barganha e também como dificultar a entrada de novos players.

  1. Indicada para organizações de todos os tamanhos; e

  2. É útil porque o empreendedor pode analisar o ambiente competitivo em que sua organização está inserida e determinar o melhor posicionamento do negócio diante dos concorrentes.

13. Missão, visão e valores

A definição desses três itens é o ponto de partida do planejamento dos novos negócios e deve ser constantemente validada para definir a direção da empresa.

  1. Indicada para organizações de todos os portes, em especial as que estão nascendo ou as pequenas; e

  2. É útil porque permite que o empreendedor reflita sobre o papel do seu negócio na sociedade e sobre o futuro da empresa.

14. Effectuation para não empreendedores

Você quer abrir um negócio, mas ainda tem receio de se tornar empreendedor? Essa ferramenta é um passo a passo para quem quer ter sua empresa, com orientações desde a etapa de geração de ideias, passando pela implementação, até chegar ao crescimento inicial.

  1. Indicada para pessoas que querem criar um negócio próprio, mas que, por algum receio, ainda não se tornam empreendedores; e

  2. É útil porque orienta o futuro empreendedor nas etapas de geração de ideias de negócios, implementação e crescimento inicial.

15. Análise SWOT

Em tempos incertos, a Matriz SWOT cai como uma luva para definir relações existentes entre os pontos fortes e fracos da empresa e a situação do mercado. A análise permite entender a posição de sua empresa comparada a seus concorrentes, conferindo mais confiança, segurança e força para lidar com os imprevistos e situações desafiadoras.

  1. Indicada para organizações de todos os portes, para todas as fases de maturidade do negócio; e

  2. É útil porque com essa análise o empreendedor pode organizar um plano de ação para reduzir os riscos e aumentar as chances de sucesso da empresa.

16. Business Model Canvas

O BMC permite aos empreendedores uma definição de modelo de negócio de suas empresas de forma sistêmica, integrada, rápida e visual. Além disso, ela ainda integra percepções sobre como a empresa pode/deve atuar.

  1. Indicada para organizações de todos os portes; e

  2. É útil porque a ferramenta permite que empreendedores e estrategistas definam o modelo de negócios da empresa de uma forma simples e visual.

17. Definição de metas para pequenas e médias empresas

Entre o sonho grande e os pés no chão, como definir metas que sejam, ao mesmo tempo, alcançáveis e desafiadoras para o seu time? Descubra nessa ferramenta.

  1. É indicado para empresas de pequeno porte; e

  2. É útil porque a ferramenta torna mais claros os conceitos de objetivo, indicador e meta, que são complementares, mas diferentes.

18. 5W2H – plano de ação para empreendedores

Se você quer desenvolver um plano em ação, esse é o momento ideal para usar a ferramenta 5W2H. Para usar a ferramenta, será preciso pensar nos seguintes pontos: o que deve ser feito?; por que deve ser implementado?; quem é o responsável pela ação?; onde deve ser executado? quando deve ser implementado?; como deve ser conduzido?; quanto vai custar a implementação?

  1. É indicado para todos os tamanhos de negócio; e

  2. É útil porque a base da metodologia está centrada na resposta a sete perguntas essenciais. Os “Ws” e os “Hs” são derivados das iniciais de palavras interrogativas em inglês (what, why, who, where, when, how e how much).

19. Matriz de gestão do tempo

Você suou a camisa, mas chegou ao fim do dia sem ter certeza do que realizou? Se o acúmulo de atividades sempre te dispersa, torna a rotina mais cansativa e ainda menos produtiva, que tal aprender a gerenciar melhor o tempo e priorizar o que é importante?

  1. Indicado para todas as pessoas que querem gerenciar suas horas para priorizar o que é realmente importante para o negócio; e

  2. É útil porque é uma ferramenta visual, de fácil entendimento, e bastante eficaz para que as pessoas organizem melhor seu tempo de acordo com suas verdadeiras prioridades.

20. Funil de ideias para um novo negócio

Muitas pessoas pensam em abrir um negócio, mas não sabem como chegar a uma ideia inovadora. Essa ferramenta te ajuda por meio de duas abordagens: vivência do empreendedor e observação de mercado.

  1. Indicada para quem quer montar um negócio, mas ainda não sabe no que investir; e

  2. É útil porque facilita o processo de geração e validação de uma ideia de negócio, com base em uma ferramenta visual.

21. Mapas mentais para empreendedores

A ferramenta te ajuda na rotina diária, na identificação de oportunidades e no planejamento do negócio, partindo de uma informação central para desdobrar em uma série de outras, de forma organizada e visual.

  1. Indicada para empreendedores e seus time se expressarem de formas alternativas para organizar ideias, pensamentos e conceitos; e

  2. É útil porque ajuda a organizar, apresentar e discutir seus pensamentos e ideias não lineares a respeito de assuntos relacionados à empresa.

22. MAT: plano de negócios simplificado

Você sabia que apenas 1% dos empreendedores começa seu negócio com um plano de negócios? Pode não parecer prioridade logo no começo, mas colocar no papel os seus planos para o futuro te ajuda a traçar ações para chegar até onde você quer.

  1. Indicada para empreendedores individuais com faturamento mensal máximo de R$ 5 mil; e

  2. É útil porque orienta o planejamento de empreendedores não familiarizados com técnicas de gestão.

23. Plano de negócio em pirâmide

Essa ferramenta ajuda o empreendedor a enxergar o negócio como algo sistêmico, no qual todas as áreas estão integradas.

  1. Indicada para empreendedores em busca de investidores que elaboram um plano de negócio pela primeira vez; e

  2. É útil porque auxilia o empreendedor a organizar as informações da empresa, considerando o objetivo do seu plano de negócio.

INOVAÇÃO

24. Triz para geração de ideias em times

Nesse brainstorming guiado, use cartas com soluções prontas para os mais diferentes problemas. Comece com um desafio e reúna o seu time para encontrarem, juntos, as soluções mais inovadoras.

  1. Indicada para empresas de todos os portes, em especial as menores, que demandam melhorias e inovações em processos, produtos e serviços; e

  2. É útil porque orienta a geração de ideias, aumentando a eficácia das soluções buscadas.

25. Diagnóstico da inovação para pequenas e médias empresas

Elaborada pela 3M, essa ferramenta oferece 20 perguntas para você analisar a visão dos seus colaboradores e dos líderes sobre o grau de inovação da sua empresa, identificando os problemas e as causas que te impedem de inovar. Em seguida, desenha-se um plano de ação com datas, objetivos e responsáveis.

  1. Indicado para pequenas e médias empresas; e

  2. É útil porque permite a empresas comprometidas com a inovação a obtenção de vantagens competitivas e a adoção de medidas para tornar o negócio ainda mais inovador.

26. Os 4Ps da gestão da inovação para PMEs

Os 4Ps da inovação consistem em quatro áreas de decisões (propósito, processos, pessoas e políticas) que o empreendedor precisa considerar para fortalecer e consolidar a capacidade de inovação de seu negócio.

  1. Indicada para negócios de todos os portes, mas vale alertar que a ferramenta foi desenvolvida considerando pequenas e médias empresas; e

  2. É útil porque oferece uma visão abrangente sobre como a inovação pode ser gerida em organizações de menor porte, embora também possa ser usada em negócios maiores.

27. Scamper: técnica de geração de ideias

Para facilitar a geração de ideias do seu time, utilize essa ferramenta para criar novas versões de um produto ou serviço, incentivando a inovação e guiando as sessões de brainstorming.

  1. É útil porque torna possível direcionar e organizar a discussão de um grupo de pessoas para um resultado produtivo.

INVESTIMENTO E ACESSO A CAPITAL

28. Mapa de Linhas de Fomento para inovação tecnológica

A sua empresa tem potencial para se beneficiar de uma linha de fomento de inovação tecnológica? Conheça o mapa da mina para acessá-las!

  1. É indicada para empresas de todos os portes com interesse em inovação tecnológica, em especial as de micro e pequeno porte (MPE); e

  2. É útil porque apresenta e organiza as principais fontes de recursos para projetos de inovação no Brasil e guia o empreendedor na definição da alternativa mais adequada para o seu projeto.

29. Investimento-anjo: checklist do Empreendedor

Do processo de preparação do empreendedor até a captação, descubra o que é preciso para seu negócio captar recursos financeiros de um investidor-anjo com essa ferramenta desenvolvida por Cassio Spina, da Anjos do Brasil.

  1. É indicada para empreendedores iniciantes e negócios nascentes; e

  2. É útil porque apresenta uma lógica que pode facilitar o acesso a esse tipo de investidor e aumentar as chances de captação de recurso.

30. Pitch para investidores

Se você tivesse um minuto para convencer um investidor sobre o seu negócio, o que você falaria? Siga os 6 passos dessa ferramentas e descubra os elementos que não podem faltar na sua fala e qual a melhor sequência de apresentação.

  1. Indicada para empreendedores em busca de capital de investidores ou participantes de competições de empreendedorismo; e

  2. É útil porque organiza as informações que devem ser transmitidas ao investidor (ou à banca de avaliação) de maneira sintetizada e persuasiva.

FINANÇAS

31. Orçamento Base Zero para pequenas e médias empresas

Essa é uma das ferramentas mais úteis para o empreendedor de primeira viagem. Com ele, é possível visualizar os principais gastos da empresa, estabelecer metas de corte, priorizar os custos fundamentais para o funcionamento do negócio e eliminar os supérfluos.

  1. Indicada para pequenas e médias empresas em operação há pelo menos um ano fiscal; e

  2. É útil porque ajuda o empresário a conhecer os principais gastos, estabelec